quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

A importância da música na vida dos bebês

O bebê começa ouvir os primeiros sons por volta da 21ª semana de gestação. Primeiro, ouve os sons internos da mãe tais como as batidas do coração, a pulsação do cordão umbilical, os sons da digestão e assim por diante. Portanto, é neste momento que deve ser iniciado o processo de estimulação musical, com o bebê ainda no útero. Ao cantar a mãe libera hormônios benéficos para a gestação. O bebê recebe a voz como uma massagem, através de vibrações. São inúmeros os beneficios do uso da música durante a gestação, a mulher pode trabalhar ao mesmo tempo a sua auto-estima, segurança, seu bem-estar e o do bebê que se sente mais seguro e protegido.

O bebê quando estimulado musicalmente ainda no ventre, tende a ser uma criança mais calma, com sono mais tranquilo, com bom apetite, comunicativo e de fácil sociabilidade.

Além disso o ato de cantar é um poderoso instrumento de relaxamento e de produção de hormônios benéficos tanto para mãe quanto para o bebê.
 
Crie a rotina de levar o bebê para a cama com uma música escolhida e faça daquela hora um momento  bastante agradável para ambos. Proporcione um ambiente tranqüilo, acolhedor e aconchegante com o quarto à meia-luz. A música também não deve estar em volume alto e o ritmo deve ser lento.

Alguns estudos realizados sobre musicoterapia para bebês apontam as contribuições da música no desenvolvimento e os resultados benéficos que ela produz ao longo dos anos para as crianças, auxiliando na socialização, na parte afetiva, na coordenação motora e na interatividade entre pais e filhos.

Além disso, as crianças que foram estimuladas a ouvir música desde o seu nascimento demonstram certas facilidades no processo de aprendizagem e alfabetização, bem como maior poder de concentração, criatividade e equilíbrio emocional.

Cante para seu bebê: educar é despertar sentidos

Mesmo que você não seja uma cantora profissional, arrisque-se e cante para o seu pequeno. Não se incomode com suas qualidades vocais. Saiba que o bebê gosta de ouvir a sua voz e se sente protegido e amado.

Cante durante as brincadeiras, na hora do banho, nas refeições e quando o põe para dormir. Aos poucos, incentive o bebê a cantar e ensine melodias simples. Acredite, pode ser uma tarefa divertida!

Para começar, escolha melodias que ambos gostem. Do contrário, ele fará uma carinha brava, indicando que não está curtindo. Mude o disco. Os clássicos são sempre apreciados pelos bebês, especialmente Mozart e Beethoven, e os ritmos latinos também são agradáveis ao pequeno quando o que ele quer é farra! 
Aproveite!

 http://www.projetoacalanto.com.br/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário